14/06/06

NÃO HÁ PROZAC QUE RESISTA


OH HIGHLANDS,OH HIGLANDS
WHERE THE RAIN DROPS EVERY DAY...


O clima destes ultimos dias pos-me num estado latente de esqueizofrenia.Não sei quem sou,nem onde moro
Vivo num misto entre a Escócia e Veneza com o bolor de Sintra.
Como pode um ser humano aguentar tamanha distorção da realidade.
Brasil é Sol,ponto final.
Se pensam vir à Bahia estes dias guardem o dinheiro e vão para a Escócia onde o tempo é seco e chove pouco.
As manhãs da Bahia estão submersas.
Não pára de chover há 20 dias.O Sol está esbraquiçado, como se estivesse anémico.
O rio Joannes que vive no fim do meu jardim, transbordou e alagou tudo.Sinto-me portanto, meio esquizofrénico, vivendo realidades tão distintas como Veneza, e o seu Pallazo Arrivabenne onde a minha sala de jantar dá para o Gran Canalle, o Palácio Stuart na Escócia com aquele tão enervante, verde exuberante e a chuva constante, e o desconforto de Sintra com as casas mofadas,os armários com o ar de iogurte bolorento e a humidade a escorrer por detrás da tinta que cobre as casas.
Confesso que não sabia que o Inverno aqui era tão aquoso, para dizer o mínimo.

Um das coisas que tornam a BAHIA especial é o sol.Sem ele transforma-se num imenso lamaçal, onde a vida tem ainda mais dificuldade em escorrer desembaraçadamente.
Esta ai à porta o solstício de Inverno/Verão, já não sei qual. Sãos Joões Evangelistas ou Batistas é tudo tempo de balizar o universo e as energias.
Tempo dos mistérios pagãos e antigos,tempo de confleuncias da cavalaria medieval.Dia 24 é um dia importante.

Tempo em que ate as luas estão loucas.

1 comentário:

bony disse...

Amigo

aos lamaçais da natureza nós sobrevivemos, agora aos da alma e aos dos homens é que já é mais dificil....

vê o chic que é ter uma inundação do teu rio privado em casa. Ao menos não é de merda como eu tive devido á incúria e porcaria de vizinhos pouco civilizados...

cheer up